Espaço de encontro, “tertúlia” espontânea, “diz-que-disse”, fofoquice pegada, críticas e louvores, ..., é uma zona nobre da cidade, marcada pela história e pelo tempo, onde as pessoas se encontram e conversam sobre "tudo e nada".

27
Mai 11
O Banco Alimentar contra a fome inovou no processo comunicacional e nos procedimentos de recolha de doações.

Agora já é possível, de forma bastante simples, doar via internet: Alimente Esta Ideia!

publicado por mparaujo às 21:33

26
Mai 11

Até ao dia 5 de Junho Aveiro (Rossio) respira cultura: palavras, imagens e sons.

publicado por mparaujo às 22:33

Foi inuagurada hoje a Feira do Livro e da Música, em Aveiro.
O Rossio é palco de cultura, saberes, imaginários e sons até ao dia 5 de Junho.

Durante os dias em que decorre a feira haverá um conjunto de eventos para as crianças (comemorações do dia 1 de Junho, em particular) e para o público em geral, como a literatura infantil, poesia, teatro, música, dança desportiva, ateliers diversos e workshops de música e de dança, e ainda animação de rua.

No certame, organizado pela Câmara Municipal de Aveiro, vão expor 15 livreiros e editores: Fernando Parada Representações Editoriais, Livraria A Tricana, 7 Dias 6 Noites Editores, Estampa, O Livrário, Intermúsica, Livraria Liceu , Civilização Editora, CesodiLivros, Câmara Municipal de Aveiro, JukeBox - Pinhal Novo, PsicoSoma Aveiro - Adição do Saber, Livraria Oficina do Livro - Grupo LeYa, Instituto Piaget - Divisão Editorial, Livraria ABC, Socodante - Livraria Técnica e Alfarrabista João Soares – Porto.
Estão representadas cerca de 138 editoras.

Horário do certame:
Segunda a quinta-feira | das 17.00 às 23.00 horas;
Sextas-feiras | das 17.00 às 24.00 horas
Sábados | das 10.00 às 24.00 horas
Domingos e dia 1 de Junho | das 10.00 às 23.00 horas


publicado por mparaujo às 22:28

08
Mai 11

O TedX Aveiro, agendado para o dia 21 de Maio, no Teatro Aveirense, tem já uma conquista: lotação esgotada.

Segundo André Costa, da Organização do TedX Aveiro, os objectivos são muito claros e estão perfeitamente traçados:

“Queremos criar uma comunidade TED. Sentimos que as pessoas, algumas, são repetentes. Passamos de uma sala de 200 lugares para 300 e para o ano vamos pedir licença para encher o Aveirense. Esta comunidade está a crescer. Além do TEDx, a 21 de Maio, transmitiremos o TEDGlobal, em Edimburgo. Num dos dias haverá transmissão na baixa de Santo António. Vai ser a primeira vez que uma conferência deles é transmitida em espaço aberto. Vamos fazê-lo ao ar livre. A 20 de Novembro, dia Universal da Criança vamos organizar o TED Youth com as escolas” (fonte: Rádio Terra Nova).

Joana Amaral Dias, José Eduardo Pinto da Costa, Pedro Abrunhosa, Fernando Braga de Matos e Ricardo Bak Gordon serão oradores no TEDxAveiro 2011, no próximo dia 21 de Maio, no Teatro Aveirense.
publicado por mparaujo às 20:53

06
Mai 11
Como referi aqui (Por um Mar já antes navegado...) infelizmente Portugal não sabe aproveitar e explorar os seus recursos naturais, o seu património mais valioso, para se impor interna e externamente, para ganhar desafios de competitividade, para combater a crise e conquistar um eficaz desenvolvimento. Um desses patrimónios reside na redistribuição de investimentos na área do turismo, principalmente nas regiões costeiras.
E a Portugal Dream Coast é um dos exemplos de empreendedorismo, de competitividade, de conquista de desafios, em Portugal e, nomeadamente, na zona do Sado (Setúbal).

Como exemplo...

Portugal Dream Coast assina contrato de parceria com a Câmara Municipal de Setúbal

A Portugal Dream Coast foi escolhida pela Câmara Municipal de Setúbal para trabalhar a promoção digital do Concelho.

O projecto Portugal Dream Coast, iniciado em Janeiro de 2010, tem hoje uma dimensão bastante significativa no Mundo Digital, sendo seguido por 250 mil pessoas e empresas em mais de 150 Países, com uma audiência mensal de 5 milhões de visualizações.
Hoje, são já várias as empresas DREAM PARTNERS (denominação criada para designar os seus parceiros) que são promovidas nesta robusta plataforma digital, que inclui website (www.portugaldreamcoast.com), blogues (www.portugaldreamcoast.blogspot.com), Sapo e Networked Blog no Facebook (ocupa o 1º lugar Mundial na categoria Lifestyle, 3º em Photos e 4º em Travel), Página Oficial Facebook (12 º Marca Portuguesa e 3ª na categoria viagens e Turismo, apenas suplantada pelos “Gigantes” Descobrir Portugal - informação só para Portugueses - e TAP), Linkedin, Twitter (já com 4 canais, sendo 2 temáticos), Trip Advisor, Tripatini, Youtube, Vimeo, Tripfilms, Filckr, Digg, Stumbleupon, Tumblr, Localyte, Foursquare e outros. Este projecto é hoje igualmente referenciado pela CNN, Daily Telegraph, Los Angeles On Line, Times e vários outro media Mundiais na sua vasta oferta na web, e sempre por temas específicos e variados.

“É com grande alegria que vemos reconhecido o nosso trabalho na divulgação da Região de Setúbal para todo o Mundo, pela Câmara Municipal de Setúbal. Esta parceria agora concretizada é uma enorme aposta no projecto que temos vindo a desenvolver e irá beneficiar ainda mais todas as pessoas, empresas e instituições da Região e de Portugal, para além dos 95% de seguidores que activamente participam fora de Portugal.” Afirmou João Lemos Cabral, responsável da Portugal Dream Coast, que após um  aturado estudo em diferentes valências, concebeu e implementou este projecto.
“Existe uma disrupção do paradigma de comunicação na Internet e na Portugal Dream Coast não acreditamos que apenas um “website”, uma página no Facebook ou um anúncio pontual traga o retorno esperado. Acreditamos em estratégias de comunicação dinâmicas e continuas, para diversos públicos e segmentos, através dos canais digitais mais adequados com medição de resultados, por forma a melhor “ouvir” os utilizadores e constantemente melhorar. A Câmara de Setúbal, entendeu perfeitamente este novo paradigma e partilha agora a responsabilidade com profissionais e isso é uma satisfação, especialmente sendo eu setubalense”, conclui João Lemos Cabral.

A Portugal Dream Coast anuncia ainda mais duas parcerias estabelecidas esta semana com os Azulejos de Azeitão e com a Fábrica de Tortas Azeitonense, que são já hoje temas altamente procurados por seguidores na Ásia, Europa e especialmente Estados Unidos.

Fonte: Portugal Dream Coast www.portugaldreamcoast.com
publicado por mparaujo às 22:03

04
Mai 11
publicado por mparaujo às 15:50

Publicado na edição de hoje, 04.05.2011, do Diário de Aveiro.

Preia-Mar
Semana das Liberdades!

Não me refiro ao 25 de Abril de 74, pese embora a sua importância na promoção e no alcance da liberdade.
Mas os últimos dias estão, claramente, marcados por três momentos determinantes no que respeita ao conceito de liberdade(s).
No dia 28 de Abril, José Sócrates foi o convidado do Fórum da TSF. Nada fora da normalidade se o Fórum não tivesse sido totalmente manipulado pela organização do Partido Socialista, desvirtuado na sua normal estrutura e não tivesse gerado uma onda de contestação de muitos ouvintes daquela estação de rádio. Criticas que, por outro lado, geraram descontentamento em alguns profissionais da TSF que se sentiram lesados no seu brio e deontologia profissionais (como expressou, e bem, a jornalista Ana Catarina Santos no seu blogue).
É notório que a máquina da estrutura socialista e o seu marketing político tem uma capacidade comunicacional muito forte e assiste, ao minuto, a agenda política do partido, antecipando e precavendo as críticas da oposição ou o descontentamento dos cidadãos. Esta é uma arma eleitoral que tem conseguido colocar o PS muito acima do que seria expectável face à realidade do país e da governação dos últimos seis anos.
Por outro lado, vem o caso a propósito da comemoração do Dia Mundial da Liberdade de Imprensa, celebrado na passada terça-feira, dia 3 de Maio.
Hoje é tema corrente de discussão, aos mais diversos níveis, o presente e o futuro da Comunicação Social, nomeadamente na sua liberdade e na sua isenção. Vários são os contextos e realidades que se apontam: o impacto das novas tecnologias e dos novos suportes de comunicação e informação; a concentração da propriedade dos órgãos de comunicação social; o poder absoluto dos principais grupos económicos que controlam os meios e que exercem constantes pressões nas suas estruturas editoriais; a degradação das condições de trabalho dos jornalistas, nomeadamente, dos estagiários; a confusão entre legítimo interesse público e o interesse do público, no que respeita ao direito de informar e ser informado.
Neste período conturbado da realidade política em Portugal, bom seria que a Comunicação Social conseguisse reaver o seu papel e estatuto de formação de opinião e de veículo de uma informação verdadeira, clara, concisa e plural, assente no princípio fundamental da liberdade de expressão e de informação.
Mas o início desta semana seria ainda marcado por um anúncio “bombástico” à escala mundial: a morte de Ossama Bin Laden. Também um facto que muitos relacionaram com liberdade (pelo menos com a referência a um mundo mais seguro).
Por uma questão de princípio e formação, condeno qualquer manifestação de regozijo pela morte de um ser humano, seja quem for (a coerência é algo que faz equilibrar a crítica e olhar o mundo de forma mais clara). As manifestações que se fizeram notar em vários cantos do planeta não são distintas dos que jubilaram com os atentados da Al Qaeda, nomeadamente após os acontecimentos de 11 de Setembro de 2001.
Mas o Mundo não se pode deixar iludir… não vai haver mais segurança, nem mais liberdade face aos acontecimentos. Pelo contrário, haverá o perigo de represálias, de transformar Bin Laden num mártir e de provocar um fortalecimento das várias e diversas células e grupos terroristas (a Al Qaeda não é um estrutura piramidal mas sim tentacular; acrescentando-se que a organização não morreu com a morte do seu líder: o egípcio Ayman al-Zawahiri, mentor de Bin Laden, cérebro e porta-voz da Al-Qaeda passa a ser o líder do grupo).
Por outro lado, por maior que seja a informação debitada pela administração americana, é evidente que este “anúncio” tem muito mais de obscuro e pouco claro, do que verdadeiro e factual. Aliás, tem muito mais contornos políticos e mediáticos do que o combate ao terrorismo em si mesmo.
Pelo timing e agenda política americana, pelo aproximar das eleições presidenciais nos Estados Unidos, pela perda de popularidade de Barack Obama.
E, essencialmente, porque este anúncio e este acontecimento em nada vão beneficiar o desejável e urgente respeito pela liberdade de expressão e de religião, pelo respeito pelo o outro e pelo pluralismo.
Melhores liberdades se esperam!
publicado por mparaujo às 05:41

03
Mai 11
foto: Mário Cruz / Lusa
Ao final da tarde a comunicação social deixava o país suspenso com o anúncio da declaração de José Sócrates à nação para a apresentação das medidas previstas no pacote de negociação ao apoio do FMI.
Era expectável que José Sócrates (curiosamente, ou não, ladeado por Teixeira dos Santos) dissesse aos portugueses quais as medidas de mais sacrifício serão impostas.
Mas nada disso... O Primeiro-ministro demissionário apenas veio informar algumas medidas que não estarão previstas no "pacote FMI" e deixar recados. Curiosamente, demasiados recados. Principalmente para o PSD e Pedro Passos Coelho.
E mesmo sem nada dizer em relação ao que seria de esperar, o que é um facto é que o PSD e Passos Coelho perderam "pontos" e argumentação: o silêncio quanto a propostas alternativas reais e concretas, os demasiados tiros no pés, erros de estratégia, anúncios avulsos de medidas desestruturadas, erros de previsões.
Ao que tudo indica, o PEC IV é, em todo, a "moeda" de troca do resgate financeiro FMI.
E José Sócrates antecipa o que será a sua bandeira eleitoral, face a um inexplicável silêncio e apatia social-democrata:.

(do discurso)
O acordo que o Governo conseguiu:
Não mexe no 13.º mês, nem no 14.º mês, nem os substitui por nenhum título de poupança;
Não mexe no 13.º mês, nem no 14.º mês dos reformados;
Não tem mais cortes nos salários da função pública;
Não prevê a redução do salário mínimo;
Não corta nas pensões acima dos 600 euros - mas apenas nas pensões mais altas, acima dos 1 500 euros, como se fez este ano nos salários e como estava previsto no PEC.
Não terá de haver nenhuma revisão constitucional;
Não haverá despedimentos na função pública;
Não haverá despedimentos sem justa causa;
Não haverá privatização da Caixa Geral de Depósitos;
Não haverá privatização da segurança social, nem plafonamento das contribuições, nem alterações à idade legal de reforma
.

Este é um programa para três anos que define metas para uma redução mais gradual do défice: 5,9% do PIB este ano, 4,5% em 2012 e 3% em 2013.

A ausência de negociação e de medidas concretas por parte do PSD, a anulação de pontos fracos nas medidas e políticas do Governo, deixam o partido numa desvantagem muito difícil de recuperar para que o dia 5 de Junho se traduza numa vitória (aparentemente mais distante).

Como dizia o Hélder Vicente, no twitter: "a estratégia é simples, lança-se o pânico (cria-se a crise política, vitimiza-se, sacode-se a água do capote) e com a ajuda dos amigos (Merkel, UE, FMI) apresenta-se como salvador" .

A ver vamos o que a "Troika" confirma ou desmente na apresentação real e concreta do "pacote" negocial.

E o ex-ministro das Finanças, Eduardo Catroga, não tem prestado um bom serviço ao partido. Já não bastava a reivindicação por fascículos, vem agora reclamar louros que todos sabem que não teve, principalmente face a um processo negocial que sempre declarou desconhecer. Já não bastava um "Nobre"...
publicado por mparaujo às 21:56


AMADEUS
Dia 7 Maio 2011 | 21h45 | Sala Principal
Coreografia de Álvaro Ribeiro. Produção Companhia de Dança de Aveiro. Com a participação da Orquestra Filarmonia das Beiras.

O tratar do corpo, sua descoberta e aperfeiçoamento. O tratar do corpo nas suas múltiplas expressões, disposto como peça num grande tabuleiro onde as mais variadas formas comunicam entre si, elevando os bailarinos a uma conjugação de ritmo entusiástico e colorido, proporcionado por Wolfgang Amadeus Mozart na sua obra “Amadeus”.
As cores procuram recortar os corpos, revelando formas, obrigando o intérprete à utilização desse efeito cromático, projectando a Dança nas suas mais variadas possibilidades, criando assim uma coreografia singular a partir desta obra para piano e orquestra.
“Amadeus” procura o estar e o não estar só. Os bailarinos são como notas introduzidas nas obras deste compositor. Obras amadas, obras invejadas e obras endeusadas, que são agora revistas pela escrita dos corpos soltos, preenchendo o que resta do espaço à sua volta. Corpos que por vezes estão sós, por outras estão juntos, agrupando e experimentando a arte de se relacionar, de se investigar, de se doar, de forma cúmplice.
A Arte de Amadeus Dançar.

Bilhete: 10€, 8€ e 5€. Descontos para Menores 12 Anos.
publicado por mparaujo às 20:56

publicado por mparaujo às 16:14
Tags:

Hoje, 3 de Maio, celebra-se o Dia Mundial da Liberdade de Imprensa.

Transcrevo, antecipadamente, um extracto do meu artigo a publicar na edição de amanhã do Diário de Aveiro:
"Hoje é tema corrente de discussão, aos mais diversos níveis, o presente e o futuro da Comunicação Social, nomeadamente na sua liberdade e na sua isenção. Vários são os contextos e realidades que se apontam: o impacto das novas tecnologias e dos novos suportes de comunicação e informação; a concentração da propriedade dos órgãos de comunicação social; o poder absoluto dos principais grupos económicos que controlam os meios e que exercem constantes pressões nas suas estruturas editoriais; a degradação das condições de trabalho dos jornalistas, nomeadamente, dos estagiários; a confusão entre legítimo interesse público e o interesse do público, no que respeita ao direito de informar e ser informado.
Neste período conturbado da realidade política em Portugal, bom seria que a Comunicação Social conseguisse reaver o seu papel e estatuto de formação de opinião e de veículo de uma informação verdadeira, clara, concisa e plural, assente no princípio fundamental da liberdade de expressão e de informação."

Por outro lado, parece-me oportuna a leitura deste textos:
Mensagem do Sindicato dos Jornalistas - 3 de maio: dia mundal da liberdade de imprensa
Jornalista Fernanda Câncio a propósito do papel do jornalista : jornalismo de paparazzi
Jornalista Ana Catarina Santos sobre o "caso" Fórum TSF com José Sócrates: o "caso" TSF

publicado por mparaujo às 08:34

02
Mai 11
publicado por mparaujo às 15:19

01
Mai 11
publicado por mparaujo às 12:40

Hoje é dia de celebrarmos todas as mães. As nossas, as que são... as que já não estão entre nós (mas sempre na memória), as que estão geograficamente longe de nós (mas perto no coração).
Porque a Vida faz sentido...

PARA TODAS AS MÃES... OBRIGADO!


publicado por mparaujo às 11:49

pesquisar neste blog
 
subscrever feeds
arquivos
2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D


mais sobre mim
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Maio 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
28

29
30
31


Visitas aos Arcos
Siga-me
links