Espaço de encontro, “tertúlia” espontânea, “diz-que-disse”, fofoquice pegada, críticas e louvores, ..., é uma zona nobre da cidade, marcada pela história e pelo tempo, onde as pessoas se encontram e conversam sobre "tudo e nada".

09
Abr 06
Aquando da publicação das caricaturas islâmicas nos jornais dinamarqueses (e depois pelo resto do mundo), muitos foram aqueles que apelidaram os que (como eu) se opuseram a tal feito, de "forças de bloqueio" de anti "liberdade de expressão".
Considerando a liberdade como um direito intocável e sem qualquer tipo de limitações, os que defende este espírito, obviamente só o fazem, em teoria e porque os factos não os atingem directamente ou são "vividos" bem longe do seu dia-a-dia.
Porque quando a realidade é outra as vozes hipocritamente se calam e não se ouvem.
Nada me move contra ou a favor da ETA.
Nada me move contra ou a favor do IRA.
Nada me move contra ou a favor da tensão Israel-Palestiniana.
Tudo me move quando os princípios pelos quais legitimamente todos têm o direito de defender, resulta em violência e morte. Aqui tudo perde sentido.
Agora, acho curioso que muitos dos que se colocaram a favor da dita "liberdade de expressão" totalmente ilimitada, como um bem supremo, hipocrita e silenciosamente condenem a existência de propaganda pro-ETA num centro comercial da cidade.
Estão todos com medo de publicamente falar, de criticar ou até de apoiar, porquê?!
Então onde está a tal Liberdade de Expressão?!
Caricaturalmente....
publicado por mparaujo às 22:06

05
Abr 06
Pela primeira vez Saddam Hussein é oficalmente acusado de genocídio, correspondente a crimes contra ahumanidade, num dos episódios mais sangrante do seu regime: a morte de mais de 100 mil curdos apenas em dois anos (1987-1988).
Este é, por inúmeras razões políticas, sociais, religiosas e económicas, o julgamento destes dois últimos séculos.
No entanto, algumas perguntas impõem-se:
Será este o princípio do fim do terrorismo?!
Será este o início de um Iraque livre e democrático?!
Será esta a justificação (se é que a há) para a "invasão" e permanência Americana naquele país?!
Que contributo dará o resultado deste julgamento para o início do fim do conflito no médio oriente?!
Se a prisão (e consequente condenação) de Saddam Hussein tivesse contribuído para a paz e a democracia no Iraque, porque é que a presença estrangeira naquele país ainda se mantém?!
Mais do que um julgamento que permita repor a justiça e a liberdade democrática naquele país, parece-me um julgamento de "ajuste de contas" e mais mediático, do que racional e prático.
A ver vamos... a bem da verdade e daquele povo!
publicado por mparaujo às 21:50

31
Mar 06
Há 15 anos, a 31 de Março de 1991, terminava o "pacto": O de Varsóvia!
Depois da queda do muro e do fim da guerra fria. Restou a NATO.
Teremos hoje um mundo melhor?!
publicado por mparaujo às 23:37
Tags: ,

pesquisar neste blog
 
subscrever feeds
arquivos
2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D


mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

27 seguidores

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Dezembro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


Visitas aos Arcos
Siga-me
links