Espaço de encontro, “tertúlia” espontânea, “diz-que-disse”, fofoquice pegada, críticas e louvores, ..., é uma zona nobre da cidade, marcada pela história e pelo tempo, onde as pessoas se encontram e conversam sobre "tudo e nada".

02
Mar 17

Ou melhor dizendo... como a estupidez humana nos revela seres abomináveis e deploráveis. E não é, infelizmente, de tempos a tempos... é regular e frequentemente.

A notícia é, em primeira instância, revelada pelo El País (a fonte recolhida é através do Diário de Notícias).

Um eurodeputado polaco, Janusz Korwin-Mikke, em pleno Parlamento Europeu, afirmou, com justificações completamente surreais e vergonhosas, que as mulheres deviam receber menos salário que os homens porque, pasme-se, são "mais fracas, mais pequenas e menos inteligentes". E as justificações são inqualificáveis: "sabem que posição as mulheres ocupavam nas olimpíadas gregas? A primeira mulher, digo-vos eu, ocupou a posição 800. Sabem quantas mulheres há entre os primeiros 100 jogadores de xadrez? Eu digo: Nenhuma". Isto.. assim, a seco.

Mas há, infelizmente, o outro lado da moeda desta condenável realidade.

Primeiro, é que a dita personagem foi eleita e houve quem nele votasse.

Segundo, numa foto recolhida de uma campanha eleitoral é perfeitamente visível, junto aos apoiantes do ignóbil eurodeputado algumas mulheres.

Terceiro, como é que é possível o Parlamento Europeu ter destas personagens pré-históricas, com afirmações políticas e públicas desta natureza, e, apesar da reacção de alguns eurodeputados, o Parlamento Europeu ainda ir reflectir e pensar se haverá ou não lugar a sanções?

Dia 8 de março é o Dia Internacional da Mulher... infelizmente ainda há muito para conquistar e percorrer. E estamos em pleno século XXI.

17105898_1466334703385847_1973901442_o.jpg

publicado por mparaujo às 16:45

18 comentários:
Admira-me um pouco uma pessoa oriunda de um país que sofreu tanto com o nazismo ser tão .... nem sei que adjectivo lhe chame. Enfim, pelo seu pensamento e princípios ele deveria trabalhar de borla.
Aletras a 4 de Março de 2017 às 08:04

Sempre pode recorrer ao dicionário. Esteja à vontade até ao limite que houver para uso dos caracteres.
Acho que muitos adjectivos serão sempre poucos para tamanha alarvidade de afirmação do dito cujo.
mparaujo a 4 de Março de 2017 às 10:52

Uns são Euro-deputados, outros presidentes de grandes potências...
Caminhamos a passos largos para o fim do mundo racional.
Kalila a 4 de Março de 2017 às 00:17

O mundo está cada vez mais perigoso... e não é preciso o recurso às armas ou aos atentados.
Afirmações e pessoas como esta são demasiadamente perigosas.
mparaujo a 4 de Março de 2017 às 10:53

Olá,

Este post foi destacado nas redes sociais do www.sapo.pt. (Facebook e Twitter). :)

Os respectivos links:
https://www.facebook.com/sapo/posts/10154313081710770
https://twitter.com/sapo/status/837709911442128896

A equipa de Redes Sociais
https://www.facebook.com/sapo/
https://twitter.com/sapo
Redes Sociais SAPO a 3 de Março de 2017 às 17:59

Obrigado. Equipa Sapo.
mparaujo a 3 de Março de 2017 às 19:47

Democracia é isto mesmo, ter direito a manifestar a sua opinião e defende-la.
Podemos gostar ou não gostar, mas se saírem dos seus cantinhos e viajarem um bocado pelo mundo, vêm num instante que esta É a realidade de muitos países de África Ásia América do Sul e mesmo na Europa de Leste isso acontece, e é perfeitamente aceite pelas pessoas .
Se este discurso fosse feito em Angola, (por exemplo) ninguém achava nada de mal, quando muito podiam achar que ele estava chéché por estar a dizer aquilo que toda a gente sabia ...

radar a 3 de Março de 2017 às 12:36

Não foi uma opinião. Foi proferido como um facto - logo, pode ser considerado um insulto.
Eu vou tentar fazer-me entender: no seu conceito de liberdade, eu posso ir ao seu local de trabalho e dizer que o acho que os seus pais são ou seus filhos irão ser uns anormais. É a minha opinião? É liberdade?
Ana Maria Mendes a 3 de Março de 2017 às 13:55

Concordo, contudo na altura do Charlie Hebdo ninguém achou que tinham ido longe demais nas suas sátiras.... curioso não é, quando o barrete nos serve...
HV a 3 de Março de 2017 às 15:51

Sempre me assumi e assumo como "Je Suis Charlie"... em causa não estava o facto de concordar com o que o jornal satírico publica. A maioria ou quase a totalidade dos assuntos não t~em a minha concordância. O que não admito é que se mate por isso. E foi esse facto que esteve em causa.
A liberdade de expressão é um direito, pessoalmente, demasiado grande.
A dignidade humana e a vida são ainda maiores.
E é isto que está em causa. Até pelo simples facto de ter o direito de me insurgir e poder criticar a liberdade de expressão dos outros.
mparaujo a 3 de Março de 2017 às 16:35

É demagógico fazer essa comparação. O homem disse que as mulheres devem ganhar menos dinheiro do que os homens. Agora comparar essa afirmação com "Olhe os seus filhos são uns anormais" parece-me um bocado pesado não acha? A primeira é uma opinião. No meu entendimento errada. A segunda é nitidamente um insulto.

A vantagem das opiniões erradas é que podem ser rebatidas com argumentos inteligentes. O mesmo não acontece com os insultos. Os insultos não permitem o contraditório.
Carlos Martins a 4 de Março de 2017 às 01:45

Pessoalmente, o que foi afirmado vale em qualquer parte do mundo. É uma questão de respeito pela dignidade e pelos direitos humanos, concretamente os das mulheres.
Lá porque em África, muitas comunidades defendem a mutilação genital feminina como uma realidade cultural e religiosa eu não tenho que concordar com ela.
Lá porque em África ou noutros pontos da Terra as mulheres são menosprezadas eu não tenho que concordar com isso só porque alguns assumem isso como uma questão cultural. Só tenho é que me revoltar.
mparaujo a 3 de Março de 2017 às 16:32

Esse senhor não é sequer digno de qualquer comentário sobre o que disse.
Não sei onde e a quem se equipara ou acha que é, deve ser um completo ignóbil.
Ele parece fraco, velho e não é tão alto assim, não sei onde é mais forte.
Nem deveria ser eurodeputado perante tais afirmações, deveria dar processo disciplinar e suspensão do cargo.
João a 3 de Março de 2017 às 11:46

Mas o que este senhor disse merece que não passe impune.
mparaujo a 3 de Março de 2017 às 16:29

Aos bêbados e tolinhos dá-se desconto, mas a isto é demais.
Mª M. a 3 de Março de 2017 às 10:36

Podias ter escolhido uma letra ainda mais pequenina.
AAAA a 3 de Março de 2017 às 09:41

é pré-formatada... mas eu leio bem :)
mparaujo a 3 de Março de 2017 às 16:36

Eu relembraria a este pseudo-homem/Eurodeputado, que, com tal cargo que possui na U.E., deveria saber um pouquinho da história da europa (e, mundial)!!!!
Então, esta ave rara, sem ofensa às aves, deve andar com problemas gravíssimos de memória!!!
Já se esqueceu que:
o colectivo do género masculino, o tal dito "sexo forte", sem ofensa, ía para as trincheiras combater o inimigo nas guerras mundiais, e quem tomava "conta" dos idosos, das crianças, e de todo um país, era a MULHER?! E que esta tinha que ser pai e mãe, caçadora, pedreira, padeira, enfermeira, mineira, (...)??!!
Éram elas que tinham ficado nos países a defenderem-se de pilhagens, de animais selvagens, (...) Enfim, tinham de se livrar de todos os perigos inerentes ao facto de se encontrarem sós!!!
Será que esta criatura "tão iluminada" não sabe o mínimo dos factos passados???!!
Já nem estou a falar de mulheres que se vestiam com uniformes masculinos, para não serem descobertas, e íam lutar fisicamente para as guerras. Ou, de tantas outras que foram génios na medicina (Marie Curie), na literatura, na pilotagem de aviões, na matemática, nas engenharias, ...

Resumindo e concluindo:
As formigas têm mais inteligência e mais cultura que este abjecto "euro-deputado"!!!! Sem dúvida!!!
carla sofia silva a 3 de Março de 2017 às 00:17

pesquisar neste blog
 
arquivos
2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D


mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

27 seguidores

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Março 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

16
17
18

19
20
23
24
25

27
28
30
31


Visitas aos Arcos
Siga-me
links