Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Debaixo dos Arcos

Espaço de encontro, tertúlia espontânea, diz-que-disse, fofoquice, críticas e louvores... É uma zona nobre de Aveiro, marcada pela história e pelo tempo, onde as pessoas se encontram e conversam sobre tudo e nada.

Debaixo dos Arcos

Espaço de encontro, tertúlia espontânea, diz-que-disse, fofoquice, críticas e louvores... É uma zona nobre de Aveiro, marcada pela história e pelo tempo, onde as pessoas se encontram e conversam sobre tudo e nada.

Debandada...

Portugal é, em teoria, um estado democrático sustentado na separação de poderes: político, económico, judicial.
Em relação ao político é por demais conhecida a opinião dos cidadãos em relação ao seu estado: ética, credibilidade, imagem, ...
No que diz respeito à economia, Portugal atravessa umas das maiores crises de sempre, perspectivando-se uma grave recessão a partir de 2011.
Quanto à justiça... bom. Se ela tem para com os cidadãos um claro distanciamento, uma imagem profundamente negativa, um "sabor" mais a injustiça do que a equidade, igualdade, acessibilidade para todos, nada melhor do que os recentes acontecimentos para clarificar o seu estado: Debandada geral... caos!
"Demissão em massa na direcção-geral da Justiça" - depois do secretário de Estado da Justiça, João Correia, depois o director-geral da Administração da Justiça, José António Rodrigues da Cunha, altura para a demissão do sub-director-geral, Fernando Sousa Marques.
O mesmo que teceu duras críticas na altura de "bater com a porta".
(fonte: tvi24)

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.