Espaço de encontro, “tertúlia” espontânea, “diz-que-disse”, fofoquice pegada, críticas e louvores, ..., é uma zona nobre da cidade, marcada pela história e pelo tempo, onde as pessoas se encontram e conversam sobre "tudo e nada".

02
Jan 07
Já cá estamos.
Ano novo. Vida antiga.
O "champanhe" universal não fez efeito.
O ano acabou em violência. O ano começou em violência.
O ano acabou em tristeza. O ano inicia-se em revolta.
O ano termina com o nível de vida bem alto. O nível de vida não baixa com o ano novo. Antes pelo contrário.
E para ajudar à festa, bater palmas, deitar os foguetes e apanhar as canas, Portugal recebe, logo no dia 1 do ano, a concorrência europeia de dois novos países - Bulgária e Roménia - e a adesão exemplar da Eslovénia à zona Euro. Não obstante, somos apontados como um exemplo a não seguir em matéria comunitária.
Até isso é fado. Pelo menos somos o que sempre fomos e teimamos em não mudar... com anos novos ou velhos: pobretes, mas alegretes.
Daqui a 363 dias, a vida vai dar uma volta de 360 graus (como sempre).
publicado por mparaujo às 22:51
Tags:

7 comentários:
Pois... e que triste Fado, Miguel.
Mas cá estamos, e já que cá estamos haja saúde! Bom ano de 2007, dentro do possível, o melhor!
Um abraço
Susana Barbosa a 4 de Janeiro de 2007 às 00:48

Viva Miguel:

Como dizia o "outro":
- "Cá vamos cantando... com a cabeça entre as orelhas." :-)

Meu caro Miguel eu já levo isso para uma questão genética.
O "portuga" gosta é de ver se ganha a vidinha sem fazer um chavo e, de preferência, sem usar muito a "massa cinzenta".

O insucesso escolar começa nos pais e acaba nos filhos.
A falta de exigência no cumprimento do dever começa nos pais e acaba nos filhos.


Depois, covardemente, atira-se a culpa para os governos... sejam eles quais forem.

É obvio, vemos isso até no vizinho invejoso que possamos ter ao pé da porta.

Um abraço,
José Alberto Mostardinha a 4 de Janeiro de 2007 às 00:36

caro Abel
às vezes a vida mostra-nos uma realidade muito longe da ilusão que gostamos de forçar.
Só não sei se conseguiremos não sermos os últimos e fugir da cauda.
Nem sei se a Turquia aderir conseguiremos ser melhores.
Não sei não, mesmo.
Um abraço
migas (miguel araújo) a 3 de Janeiro de 2007 às 23:59

Pois é Cristina
Também fiquei com uma dúvida interpretativa. Deve ser uma das manias, não?!
Deixares assim o povo na dúvida.
bjs
migas (miguel araújo) a 3 de Janeiro de 2007 às 23:57

xiii, escrevi uma frase sem sentido..lol.

acho que o que eu queria dizer é que o melhor de tudo é estarmos vivos:))

beijinho
Cristina a 3 de Janeiro de 2007 às 23:27

Amigo Miguel, estou a ver que lhe peguei algum do meu cepticismo! A única boa notícia é que no final de 2007, talvez já não sejamos os mais pobres da EU.

De resto, ano novo, rumos velhos!

Um abraço e feliz Ano.
AC a 3 de Janeiro de 2007 às 22:24

e que a vida sempre voltas, senão não é vida...:))

vou deixar-te um "reptil"..:P
Cristina a 3 de Janeiro de 2007 às 01:00

pesquisar neste blog
 
arquivos
2019:

 J F M A M J J A S O N D


2018:

 J F M A M J J A S O N D


2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D


mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

28 seguidores

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Janeiro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
12
13

14
15
16
17
18
19
20

22
24
26
27

28
29
30
31


Siga-me
links