Espaço de encontro, “tertúlia” espontânea, “diz-que-disse”, fofoquice pegada, críticas e louvores, ..., é uma zona nobre da cidade, marcada pela história e pelo tempo, onde as pessoas se encontram e conversam sobre "tudo e nada".

08
Mar 13

Hoje celebra-se o Dia Internacional da Mulher, “adoptado” pela ONU, em 1977, para lembrar as conquistas sociais, políticas e económicas das mulheres (embora a primeira celebração remonte a 28 de fevereiro de 1909 nos Estados Unidos).

Em causa estava a luta das mulheres por melhores condições de vida e trabalho, bem como pelo direito de voto, dois anos depois marcada pela tragédia do incêndio numa fábrica de têxteis Triangle Shirtwaist, em Nova Iorque, onde faleceram 146 trabalhadores (a maioria costureiras).

Na grande maioria, para não dizer na totalidade, das celebrações do “Dia de…” está implícita a necessidade de um “alerta”, de protesto, de chamar a atenção, das pessoas, das instituições, dos países, para situações de inferioridade, de injustiça, de fragilidade, de falta de igualdade ou de exclusão social.

Com todo o respeito que tenho pelas mulheres, e concretamente por aquelas que ainda têm necessidade de lutar e gritar bem alto neste dia (aumento da violência doméstica, exploração sexual, falta de igualdade social e de direitos, falta de igualdade profissional e salarial, mutilação genital, etc…), este é, claramente, um dos dias mais “estúpidos” do ano e das comemorações dos “Dia Internacional de…”.

Tão simplesmente por isto: NADA JUSTIFICA OU SUSTENTA A DIFERENCIAÇÃO ENTRE GÉNEROS (mulher ou homem).

Apenas isto… e mais grave, quando ao fim de mais de um século ainda há quem ache que este dia, infelizmente ainda de muitas lutas para muitas mulheres, se deva transformar num lamechas dia do género “São Valentim”, cheio de coraçõeszinhos, poemas de "ir às lágrimas", todo cor-de-rosa ou florido. HAJA RESPEITO.

Um beijo grande a todas as mulheres.

publicado por mparaujo às 11:21

4 comentários:
Concordo inteiramente consigo Miguel. O Dia Internacional da Mulher tem como base o sentimento paternalista e medíocre que está também por trás das quotas do Parlamento. "Elas sofreram tanto coitadinhas, por isso vamos criar o dia internacional delas para as compensar." Não precisamos de lamechices nenhumas para sermos dignificadas. Precisamos de ser respeitadas! Só isso! Porque é que não criaram nenhum dia internacional do homem? Porque sempre fomos as "coitadinhas". Não há nada mais machista que o paternalismo!
Beatriz Leite a 8 de Março de 2013 às 14:25

Beatriz... tal e qual.
Ao vosso lado.
Obrigado.
mparaujo a 8 de Março de 2013 às 15:09

Miguel, permite-me discordar...

O Dia Internacional da Mulher, podendo fazer-se dele um festival ou não, é um dia de comemoração da Luta pela Igualdade de Direitos, uma data histórica..., sendo de carácter INTERNACIONAL, abrange todo um sem número de mulheres em diferentes condições e ou direitos. Não me digam é que é todos os dias...., porque o Natal também não o é, nem o 25 de Abril, nem o 1º de Maio...nem o nascimento dos vossos filhos ou a data dos casamentos. As celebrações, todas elas assinaladas numa data específica, são uma forma de se recordar gente, feitos, actos, conquistas, que marcam gerações, que redefinem o futuro anterior...que poderão ser o impulso para outras alterações.

Não me parece que responda a qualquer manifestação em estereótipos de género...até porque, em boa verdade, toda a sociedade está assente neles...e esses sim, diariamente e em todas as vertentes da nossa vida social, familiar, profissional.

Um beijinho e... Feliz Dia Internacional da Mulher.
Andrea a 8 de Março de 2013 às 12:12

Andrea... minha AMIGA.
Não está em causa a necessidade das mulheres lutarem pela igualdade social e pelo fim das atrocidades que são cometidas (casamentos encomendados, mutilação, etc).
Mas, Andrea... o que eu acho estúpido é que seja necessário existir um dia destes porque é estúpido que haja desigualdades (a todos os níevis) entre géneros, para além do "paternalismo" que circunda este dia.
Abomino...
É por isso, minha amiga. Só por isso.
Beijo grande, enorme.
mparaujo a 8 de Março de 2013 às 15:08

pesquisar neste blog
 
arquivos
2019:

 J F M A M J J A S O N D


2018:

 J F M A M J J A S O N D


2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D


mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

28 seguidores

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Março 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

11
12
14
15
16

18
19
22

25



Siga-me
links