Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Debaixo dos Arcos

Espaço de encontro, tertúlia espontânea, diz-que-disse, fofoquice, críticas e louvores... É uma zona nobre de Aveiro, marcada pela história e pelo tempo, onde as pessoas se encontram e conversam sobre tudo e nada.

Debaixo dos Arcos

Espaço de encontro, tertúlia espontânea, diz-que-disse, fofoquice, críticas e louvores... É uma zona nobre de Aveiro, marcada pela história e pelo tempo, onde as pessoas se encontram e conversam sobre tudo e nada.

De Madrid, para a RTP e para sempre.

Apesar do desfasamento temporal, não quero deixar de prestar a minha homenagem a VASCO LOURINHO.

Durante cerca de 20 anos era inconfundível a sua presença nos écrans da RTP sempre que surgiam notícias do outro lado da fronteira.

Vasco Lourinho faleceu aos 71 anos, na noite da passada terça-feira. Mas não morreu a memória do seu trabalho, o inconfundível sotaque e a mistura fonética entre português e castelhano.

Terminava sempre as suas peças com a frase "Vasco Lourinho, de Madrid, para a RTP".
Desde ontem... "Vasco Lourinho, de Madrid, para a RTP e para sempre..."
R.I.P.