2 comentários:
Muito obrigada pelas tuas palavras. É bom saber que tantos anos depois o meu pai ainda deixou saudades e mais importante boas memórias.
Maria João Sousa Silva a 5 de Janeiro de 2014 às 18:52

Olá...
Felizmente há quem nos marque e deixe boas marcas. A memória pode ser curta e nem sempre presente, mas, garantidamente, nunca se apagará.
bjs
mparaujo a 5 de Janeiro de 2014 às 21:44