Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Debaixo dos Arcos

Espaço de encontro, tertúlia espontânea, diz-que-disse, fofoquice, críticas e louvores... É uma zona nobre de Aveiro, marcada pela história e pelo tempo, onde as pessoas se encontram e conversam sobre tudo e nada.

Debaixo dos Arcos

Espaço de encontro, tertúlia espontânea, diz-que-disse, fofoquice, críticas e louvores... É uma zona nobre de Aveiro, marcada pela história e pelo tempo, onde as pessoas se encontram e conversam sobre tudo e nada.

A morte é estúpida... os números assustam.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) está em perfeito estado de alerta, agravado pelo reconhecimento do descontrolo da recente epidemia do Vírus do Ébola.

Localizada, mas duvidosamente restritamente localizada, a epidemia que teve origem na África Ocidental (Guiné-Conacri, Serra Leoa e Libéria) já vitimou mais de 1900 pessoas e contaminou cerca de 3500 pessoas.

Apesar da perspectiva das autoridades e da OMS para o controlo da epidemia nos próximos nove meses, a verdade é que se suspeita de um descontrolo da área geográfica da doença. São já conhecidos casos pontuais no Senegal, Nigéria e República Democrática do Congo, bem como as suspeitas no Brasil e na Europa.

A verdade é que o número de vítimas tem aumentado, registando-se, no final de agosto, cerca de 100 mortos por dia.

Em pleno século XXI temos coisas a mais e ciência a menos.