Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Debaixo dos Arcos

Espaço de encontro, tertúlia espontânea, diz-que-disse, fofoquice, críticas e louvores... É uma zona nobre de Aveiro, marcada pela história e pelo tempo, onde as pessoas se encontram e conversam sobre tudo e nada.

Debaixo dos Arcos

Espaço de encontro, tertúlia espontânea, diz-que-disse, fofoquice, críticas e louvores... É uma zona nobre de Aveiro, marcada pela história e pelo tempo, onde as pessoas se encontram e conversam sobre tudo e nada.

Isto não deveria ser sobre futebol... mas é!

Muitos dos eurocépticos e da esquerda europeia colaram sempre a Alemanha ao trono europeu, seja do ponto de vista político, seja do ponto de vista económico.
A Alemanha é a Europa... a União Europeia (comissão, parlamento, eurogrupo, bce) é a Alemanha.
Até esta semana...

Quem é que passou então a mandar na Europa? Tal e qual... PORTUGAL.
Mesmo que seja na Liga Europa de Futebol. Também conta... estamos à frente da Inglaterra (3), Espanha (3), Alemanha (3), Itália (2) e a França (0) que ficou vazia em termos de representatividade clubística.

Quatro equipas nacionais seguem para os 16 avos: FC Porto, SC Portugal, SC Braga e SL Benfica.
Oito treinadores portugueses ao comando de outras tantas equipas: Sérgio Conceição, Silas, Ricardo Sá Pinto, Bruno Lage e, ainda, Paulo Fonseca (Roma), Luís Castro (Shakhtar Donetsk), Nuno espírito Santo (Wolverhampton) e Pedro Martins (Olympiacos).

Tomara que Portugal conseguisse em tantas outras, e mais importantes, matérias repetir este marco. Teríamos a Europa aos pés.

ec7281a91fda7c28ecd80653bc4f80e2.webp

(créditos da foto: Eric Gaillard - Reuter)