De facto fala-se demasiado em bola nos últimos dias, sobretudo nos canais privados (há sempre alternativas para quem não gosta), mas concerteza não é alheio ao facto de se estar a discutir um dos fenómenos que mais massas (de uma e outra espécie) movimenta em Portugal.
Mas esteja descansado/a daqui a dois dias, em princípio, podemos voltar a discutir os problemas que enunciou e que, possívelvente esqueceu no período que mediou entre 2011 e 2015!
João Mateus a 18 de Maio de 2018 às 13:51

Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.