Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Debaixo dos Arcos

Espaço de encontro, tertúlia espontânea, diz-que-disse, fofoquice, críticas e louvores... É uma zona nobre de Aveiro, marcada pela história e pelo tempo, onde as pessoas se encontram e conversam sobre tudo e nada.

Debaixo dos Arcos

Espaço de encontro, tertúlia espontânea, diz-que-disse, fofoquice, críticas e louvores... É uma zona nobre de Aveiro, marcada pela história e pelo tempo, onde as pessoas se encontram e conversam sobre tudo e nada.

21.Dez.17

Em Ílhavo o pacote fiscal tem rigor, transparência e objectividade clara

mparaujo
É cíclica a controvérsia que a aprovação anual dos pacotes fiscais municipais gere, normalmente, fruto da dialéctica política democrática, associada a uma não menor demagogia e retórica discursiva. Por norma, obviamente que variando em função das realidades municipais específicas e particulares, há duas vertentes que sobressaem na discussão: os valores da Derrama e do IMI. No caso da Derrama (imposto que incide sobre o lucro tributável das pessoas colectivas) o valor que (...)
10.Dez.17

Câmara Municipal de Ílhavo em defesa dos Direitos Humanos

mparaujo
Para recordar... Artigo 1º Todos os seres humanos nascem livres e iguais em dignidade e em direitos. A Câmara Municipal de Ílhavo agendou para a próxima quarta-feira, 13 de dezembro, um importante momento de promoção e defesa dos direitos fundamentais: o direito à igualdade. O Pelouro da Juventude da autarquia, através do Fórum Municipal da Juventude, vai promover mais uma importante acção "Falar+", (...)
06.Dez.17

projectos com "estórias"... Artes de Maior Idade

mparaujo
O tempo (a vida) traz, independentemente da intensidade e das vivências, o saber, a experiência, a tradição e muitas e muitas "estórias". Uma comunidade que não sabe aproveitar e promover este "tempo" não é estruturada no presente, nem saberá alicerçar o seu futuro de forma consistente. Não tem, nem deve, viver agarrada ao passado... até porque "águas passadas já não movem moinhos". Mas não pode, nem deve, deixar de valorizar a experiência, a tradição e o saber presentes (...)
23.Nov.17

Regresso ao passado... das memórias

mparaujo
Não é preciso ter-se nascido há muitos anos para ainda haver a memória da ligação de Aveiro a Ílhavo pela travessia dos canaviais da Sacor em direcção à Barra, com acesso à praia através da ponte de madeira no Forte da Barra/Oudinot. Passados estes tempos de fraldas e calções, a ligação a Ílhavo e à Gafanha da Nazaré faz-se também das memórias longas e regulares com a Colónia Agrícola. Obviamente que a referência tem um contexto temporal bem recente, no pós 25 de (...)
18.Nov.17

Já para além das Bodas de Diamante... com muito mérito

mparaujo
O Dia Nacional do Mar (16 de novembro) foi, e ainda está ser, assinalado com um conjunto de acções no Museu Marítimo de Ílhavo, ao mesmo tempo que se encerraram as comemorações do 80º aniversário do Museu (8 de agosto de 1937 / 2017). Do conjunto de actividades programadas pela Autarquia e pelo Museu destaque para a visita guiada à exposição "Invisível" que estabeleceu uma ponte, um reflexo, entre as peças que suportam a exposição permanente e o que é o lado "invisível" (...)
17.Nov.17

Dia Nacional do Mar

mparaujo
Numa região que tem e sempre teve, por razões históricas, culturais, económicas e sociais, o Mar por Tradição, reveste-se de especial relevância o Dia Nacional do Mar (16 de novembro). O impacto económico e científico da realidade patrimonial que é o Mar português foi motivo de reflexão na passada semana com a apresentação, na Gafanha da Encarnação, do programa de financiamento Mar2020. A autarquia de Ílhavo, e bem, entende que é agora o momento de promover a ligação (...)
15.Nov.17

à conversa... sobre desemprego jovem.

mparaujo
Segundo os dados oficiais (sejam os do Governo, os do INE ou de instâncias europeias) a taxa de desemprego tem vindo a diminuir ou a estabilizar (mesmo que ainda esteja por apurar o desemprego real). Mas apesar do valor estar em queda é ainda um valor que situa Portugal como o 6º país da União Europeia com a taxa de desemprego mais alta, sendo que o desemprego jovem tem um impacto significativo no valor global e que tem levado tantos jovens a emigrarem e a procurarem no estrangeiro (...)
12.Nov.17

Ílhavo inteligente

mparaujo
No documento programático que foi apresentado a sufrágio e validado, de forma inequívoca, pelos eleitores no processo eleitoral de 1 de outubro, a candidatura do PSD-Ílhavo, liderada pelo agora reeleito Presidente da Câmara, Fernando Caçoilo, entre os dez eixos de desenvolvimento estratégico do município (desenhado para 10 ou 20 anos e iniciado em 2013), assumia o compromisso com os munícipes de transformar o concelho num Município Inteligente ("Ílhavo Inteligente"). O (...)
09.Nov.17

O mar... para além da Tradição.

mparaujo
O Mar como tradição é um referência inequívoca da história social, cultural e económica da Região de Ílhavo e, consequentemente, também de parte da Região de Aveiro. Motor do desenvolvimento desta região e da suas comunidades, à histórica tradição pesqueira acrescem hoje, de forma significativa, os serviços portuários e um importante sector ambiental e científico espelhado, por exemplo, no projecto CRAM-ECOMARE da Universidade de Aveiro, numa parceria entre a Fundação (...)
08.Nov.17

A democracia e a participação

mparaujo
publicado na edição de hoje, 8 de novembro, do Diário de Aveiro. Debaixo dos Arcos A democracia e a participação Há um misto de pragmatismo e de retórica (a que alguns, infelizmente, acrescentam a demagogia) no que é e deve ser a participação cívica dos cidadãos no "espaço público", entendido no seu sentido lacto (a sociedade política e/ou a coisa pública). É indiscutível que a sociedade e a democracia assentam o seu desenvolvimento e a sua coesão na participação e no (...)
29.Out.17

Notas de uma Tomada de Posse

mparaujo
Os órgãos autárquicos do Município de Ílhavo, Assembleia Municipal e Câmara Municipal, tomaram posse na passada sexta-feira. Do discurso de posse do reeleito Presidente da Câmara, Fernando Caçoilo, destacam-se algumas notas relevantes: - o importante e incisivo recado político para o Governo no que respeita ao necessário processo de descentralização e delegação de competências, à gestão dos Fundos Comunitários e à preocupante realidade com as cativações (...)
26.Out.17

Quanto vale a história das "estórias"?

mparaujo
Não sei se alguma vez alguém conseguirá quantificar o valor da história no desenvolvimento das comunidades. Mas é mais que óbvio que cada comunidade, hoje, no presente, é estruturalmente aquilo que foi a sua história, o seu passado, e o peso que essa história representou no desenvolvimento e na consolidação social, cultural e económica. Não há presente, nem faz sentido projectar o futuro, sem que esteja bem vincada a memória do que foram as realidades passadas das gentes, (...)
04.Out.17

Apostar na Certeza do Futuro

mparaujo
publicado na edição de hoje, 4 de outubro, do Diário de Aveiro. Debaixo dos Arcos Apostar na Certeza do Futuro As estatísticas e os números têm o condão de “vestir à medida” as análises e as leituras em função das necessidades próprias e dos interesses partidários; e são, por isso, múltiplas. Já a realidade é o que é: objectiva, factual, clara e transparente, e só tem uma leitura. Nestas eleições autárquicas os eleitores do Município de Ílhavo foram claros, (...)
26.Set.17

A secretaria não vence eleições

mparaujo
Quando escasseiam projectos e propostas realistas e consistentes sobra o nervosismo e o desespero político que levam ao recurso do populismo e ao delírio eleitoralista. A ansiedade perante o presságio da eventual derrota eleitoral resulta na tentativa da vitória na "secretaria". A actividade autárquica é dos sectores públicos mais escrutinados, mais fiscalizados, mais auditados, no país. Hoje, face ao quadro legal imposto às autarquias, só alguém sem preparação, sem (...)
21.Set.17

Ílhavo... um Município para todos

mparaujo
Não há nada mais revelador da realidade do que os factos, mais ainda quando os mesmos falam por si. É, por isso, inquestionável o esforço despendido pela autarquia de Ílhavo nestes anos... na sua relação com as instituições e associações do município; na preocupação e proximidade com os munícipes, nomeadamente com aqueles que mais precisam (seja pelas carências e insuficiências financeiras, seja pelo desemprego ou pela necessidade de inclusão); em tornar o município (...)
17.Set.17

O IMI eleitoralista

mparaujo
publicado na edição de hoje, 17 de setembro, do Diário de Aveiro. Debaixo dos Arcos O IMI eleitoralista Arrancou, este fim-de-semana, o período oficial da campanha eleitoral para as autárquicas de 2017 que se realizarão no próximo dia 1 de Outubro (haja ou não “jogos da bola”). É o período de presença assídua nas ruas, as arruadas e outras acções de campanhas, os comícios, as bandeirinhas, os isqueiros, as esferográficas, os aventais e os bonés… é o chamado “tudo (...)
02.Ago.17

O valor da transparência e competência

mparaujo
publicado na edição de hoje, 2 de agosto, do Diário de Aveiro. Debaixo dos Arcos O valor da transparência e competência A notícia foi avançada ontem pela Rádio Terra Nova: 57 municípios, dum total de 79 câmaras, cumpriram todas as obrigações a que estavam sujeitos e deixam de estar sujeitos às várias exigências do Programa de Apoio à Economia Local. Da lista das 57 autarquias, embora ainda a aguardar confirmação oficial, constam os municípios vizinhos de Vagos e Ílhavo. S (...)