Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Debaixo dos Arcos

Espaço de encontro, tertúlia espontânea, diz-que-disse, fofoquice, críticas e louvores... É uma zona nobre de Aveiro, marcada pela história e pelo tempo, onde as pessoas se encontram e conversam sobre tudo e nada.

Debaixo dos Arcos

Espaço de encontro, tertúlia espontânea, diz-que-disse, fofoquice, críticas e louvores... É uma zona nobre de Aveiro, marcada pela história e pelo tempo, onde as pessoas se encontram e conversam sobre tudo e nada.

29.Set.19

Não se trata apenas de Migrantes ou Refugiados. São pessoas... seres humanos.

mparaujo
(créditos da foto: Christopher Reardon / ACNUR-ONU) A ONU declarou instituiu, desde 2000, o dia 20 de junho como o "Dia Mundial dos Refugiados". Hoje, 29 de setembro, a Igreja Católica celebra o Dia Mundial do Migrante e do Refugiado. Podendo parecer uma duplicação de datas, independentemente de crenças e credos, a verdade é que todas as datas, todos os momentos são importantes para lembrar e alertar para o maior flagelo da humanidade, nos dias de hoje. Por mais movimentações, (...)
21.Set.19

Feios... "Bovinos"... e Maus. As vacas sagradas na Universidade de Coimbra.

mparaujo
As questões ambientais, mais do que estarem na moda, são o grande tema da agenda política internacional, desde a ONU (são várias as afirmações e intervenções de António Guterres sobre o ambiente) ao Vaticano (nota para a Carta Encíclica, do Papa Francisco, Laudato Sí, sobre os cuidados com a "casa comum"). E são-no pela sua importância e impactos para a sobrevivência humana, para todos os seres vivos, e para a preservação do planeta, salvaguardando o presente e precavendo (...)
08.Set.19

Património Mundial é responsabilidade "mundial"

mparaujo
Por mais que se queira negar os factos, a verdade é que desde a última tomada de posse nos comandos do destino brasileiro, aumentaram cerca de 80% as queimadas na Amazónia brasileira. A mais recente tragédia ambiental assume uma dimensão não só natural, mas social e humanitária. À devastação do "pulmão verde do planeta", segue-se a apropriação abusiva das terras e da madeira, e, principalmente, um claro ataque aos direitos dos Povos Indígenas da Amazónia e dos seus (...)
04.Mar.09

Polis Ria de Aveiro... Finalmente!

mparaujo
Um programa para 5 anos de duração e um investimento de cerca de 96 milhões de Euros para requalificar, recuperar, promover e potenciar o maior património da Região de Aveiro: a sua Ria.Um projecto verdadeiramente importante (Polis Litoral Ria de Aveiro), que tem merecido a preocupação dos autarcas e que mereceu, igualmente, a deslocação ao distrito de (...)
14.Jul.08

Choque Voltaico

mparaujo
O nosso primeiro-ministro entrou em estado "de choque" no estado da nação.A ânsia da propaganda governativa é tanta que, no rol das medidas anunciadas (mesmo sem quaisquer efeitos prático na crise financeira das famílias), a alternativa energética na mobilidade dos cidadãos entrou em curto-circuito.José Sócrates anunciou uma medida (teoricamente (...)
18.Fev.08

Meter água...

mparaujo
Chove a potes. Chove a cântaros. Chove e bem...A natureza é sempre imprevisível. Muitas vezes incontroláveis os seus desígnios.Mas a ciência, a técnica, a tecnologia, a sabedoria humana, têm hoje argumentos mais que suficientes para, pelo menos minimizar os impactos ambientais.Mas a incoerência, o laxismo, o oportunismo imobiliário, a incúria, ..., são mais fortes. (...)
31.Out.07

Pela Causa...

mparaujo
Tornamos pública a carta aberta que o Movimento Pelo Fim da Caça no Baixo Vouga à Direcção da Associação de Caçadores e Pescadores de Avanca. Para ler Aqui.
16.Out.07

Pela Causa Comum...

mparaujo
(via Noticias d'Aldeia) O movimento PELO FIM DA CAÇA NO BAIXO VOUGA, formaliza a sua constituição e, apresenta publicamente, os objectivos de preservação das espécies no habitat compreendido na zona do Baixo Vouga, em sessão pública, a realizar no próximo Sábado, 20 de Outubro de 2007, com o seguinte programa:14:00h - recepção - Biblioteca Municipal de Estarreja;14: (...)
04.Out.07

Causa Justa

mparaujo
Em defesa do Baixo Vouga. Recebido via e-mail do ilustre amigo Abel Cunha. Pela adesão à causa.  Boa noite Caro Miguel, Aceitando a sua oferta, cá vai. Pois este pessoal matador de passarinhos, perante a ausência de qualquer fiscalização, vai abatendo paulatinamente, a tiro tudo o que possa mexer, e mesmo o que (...)
17.Jun.07

Medalha de Bronze... pelas piores razões

mparaujo
No dia em que se celebra o Dia Mundial da Desertificação e da Seca, com o lema «Desertificação e Alterações Climáticas: um desafio global» e segundo a Agência Espacial Europeia, Portugal é um dos três países mais desertificados da Europa, juntamente com a Itália e a Turquia. A análise é feita com base em imagens do sistema de satélite europeu e insere-se num projecto que está a ser desenvolvido em conjunto com a Convenção das Nações Unidas para a Luta contra a (...)
30.Nov.06

Tratamento residual

mparaujo
É notória e assumidamente pública a dificuldade que a oposição à direita do Governo tem para o exercício dessa função.Essencialmente porque a actuação governativa de José Sócrates entrou, de uma forma clara, na área social e económica da dierita. Mais pela abordagem dos conteúdos, do que pela forma de concretização das acções.E já nem a possibilidade de "ataque" ao (...)
17.Set.06

Canelas também vem no mapa!

mparaujo
Mas parece que toda a gente a quer esquecer. É preocupante, nos dias de hoje, a falta de solidariedade humana, social e cultural, visível no dia-a-dia. Vivemos muito os nossos problemas individualizados. Somos muito fechados nos nossos “quintais” e preocupa-nos muito pouco a realidade vizinha, em muitos casos comum quer por questões naturais, quer geográficas. O que é Aveiro?! Uma cidade, no (...)
31.Ago.06

De Regresso

mparaujo
De regresso a casa. E enquanto me vou preparando para responder a estes 2 dias de ausência... Ambiente, publicado na edição de hoje (31.08.2006) do Diário de Aveiro. Post-its e Retratos Ambientalismos As questões ambientais são, para a maioria dos portugueses, questões de somenos importância. São temas normalmente associados a contexto políticos ou a grupos mais ou menos partidarizados, com realidades específicas. Mesmo que o cidadão tenha, conscientemente, a noção das (...)