Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Debaixo dos Arcos

Espaço de encontro, tertúlia espontânea, diz-que-disse, fofoquice, críticas e louvores... É uma zona nobre de Aveiro, marcada pela história e pelo tempo, onde as pessoas se encontram e conversam sobre tudo e nada.

Debaixo dos Arcos

Espaço de encontro, tertúlia espontânea, diz-que-disse, fofoquice, críticas e louvores... É uma zona nobre de Aveiro, marcada pela história e pelo tempo, onde as pessoas se encontram e conversam sobre tudo e nada.

05.Jul.13

Quem perde? (politicamente)

mparaujo
Poderão achar estranho o “politicamente” entre parêntesis, mas a verdade é que a actual crise política/governativa (ainda longe de estar sarada) só tem, na realidade e na prática, um perdedor: os portugueses. Mas do ponto de vista político o contexto pode ser outro. Primeiro, tal como aqui referi (“O Circo chegou ao Governo (...)
05.Out.12

Brincar à política... (II)

mparaujo
No seguimento do post anterior, não é apenas o PS a mostrar alguma dificuldade em gerir os timmings e as oportunidades políticas. A verdade é que desde o momento do anúncio das, agora abandonadas, alterações à Taxa Social Única que o país está algo suspenso à espera que o CDS-PP se assume de uma vez por todas e tenha, verdadeiramente e como afirma o seu líder, o sentido de Estado. E (...)
16.Jul.11

Cara ou coroa...

mparaujo
A relação de forças políticas (a balança entre a maioria ou a minoria) na Câmara Municipal de Aveiro alterou-se na última semana, com o Presidente do Executivo a ser "obrigado" a retirar pelouros e confiança a dois vereadores da posição (um eleito pelo PSD e outro pelo (...)
16.Jun.11

Um caso muito Nobre...

mparaujo
Fotografia © Rodrigo Cabrita / Global Imagens - Edição do DN de 18.04.2011Não me vou pronunciar sobre a personalidade de Fernando Nobre, nem sobre o seu percurso enquanto médico ou responsável e fundador da AMI.Não me vou pronunciar sobre questões de carácter de pessoas que não conheço e (...)
22.Out.10

A decepção orçamental...

mparaujo
O PCP foi o primeiro partido indicar oficialmente o seu sentido de voto para o debate sobre o Orçamento do Estado para 2011. Segui-se-lhe o BE.Curiosamente (ou não) o "sentido de Estado" foi o mesmo: CONTRA!Apesar de Paulo Portas ter anunciado no facebook que amanhã (Sábado - dia 23.10.2010) anunciaria oficialmente o sentido de voto do CDS, o jornal Expresso antecipa o anúncio da decisão... esta (...)
24.Jan.10

À margem negocial (parte 1)

mparaujo
Antes da análise política ao processo negocial do OE 2010, que envolveu PS, PSD e CDS, deixo ao livre arbítrio das opiniões e concepções, os fundamentos da negociação entre Governo e CDS.PP. Amanhã, na segunda parte, será feita a análise ao peso político das negociações. (fonte: página oficial do CDS, via twitter) PONTOS DE CONVERGÊNCIA QUE JUSTIFICAM A "ABSTENÇÃO CONSTRUTIVA": - Saúde Contratualizar cerca de 40.000 cirurgias (em várias especialidades) através de um (...)
12.Out.09

Rescaldo eleitoral caseiro.(actualizado às 22:40)

mparaujo
O País foi, no mesmo ano e pela terceira vez, a votos. Objectivos das 3 cruzes a assinalar nos respectivos boletins: eleição da gestão municipal; eleição dos vogais da Assembleia Municipal e eleição dos membros das Assembleias de Freguesia, onde será eleito o executivo das Juntas de Freguesia. Em Aveiro, os resultados finais foram: Câmara Municipal Coligação "Juntos por Aveiro" - 19243 votos (6 mandatos/vereadores); PS - 11849 votos (3 mandatos/vereadores); BE - 1814 votos e a (...)
15.Mai.09

Autárquicas 2009

mparaujo
Não parece, mas já faltará menos que 6 meses para a hora do veredicto local.Duas candidaturas foram já oficialmente anunciadas: a do PCP e a do PS.No caso dos socialistas, o candidato José Costa apresenta o seu site e blog oficiais de campanha, sob o lema: Adoro Aveiro.Entretanto, assumindo-se a recandidatura de Élio Maia (ainda não oficializada, mas mais que natural, como já referido pela concelhia do PSD), continuo a não perceber, entender (mas também já lá vai o tempo em (...)
09.Abr.09

A Europa e Nós - II

mparaujo
No seguimento do post anterior...É óbvio que a aposta centrista na lista para as europeias, é uma boa opção e recheada de valores com capacidade inquestionável.Nuno Melo, Diogo Feyo e Teresa Caeiro.Mas...E cá no burgo?! Com quem Paulo Portas contará para a Assembleia da República?Com menos "valias"?!
05.Mar.09

E que tal uma Aspirina?

mparaujo
Devem sobrar dores de cabeça na Concelhia do PP, em Aveiro.Enquanto dura um tabu e um "braço de ferro", sobra mais uma dor de cabeça: a distrital já indiciou, por diversas vezes, um sim à coligação. Agora vem Paulo Portas, em Aveiro, dizer isto: "a polémica na Concelhia do partido é para resolver internamente e, quanto às autárquicas, avisa que o PP é muito importante para repetir a maioria que governa a Câmara de Aveiro" (fonte: Diário de Aveiro (...)
07.Fev.09

Viva a Liberdade de Expressão

mparaujo
A temática da liberdade de expressão é, pessoalmente, algo que prezo e defendo, mesmo enquadrada em limites circunstanciais (como o dever de lealdade por "contratualidade" laboral, por exemplo). Assim, entendo que qualquer cidadão tem o direito e a liberdade de exprimir as suas ideias, convicções e sonhos. É legítimo...No entanto, tal pode implicar que as reacções a essa expressividade e opiniões, sejam de indiferença, incredibilidade, distanciamento ou oposição, ou ainda de (...)
03.Ago.08

Filme Kodak

mparaujo
para mais tarde recordar... A propósito da aprovação, pelo TC, do pedido de empréstimo da CMA no valor de 58 milhões de euros.E agora?! Após o que foi lido aqui, a 31 de Julho de 2008 (edição número 856 de "O (...)
13.Jan.08

Foram alguns e bons anos. Mas...

mparaujo
Já aqui afirmei, por diversas e distintas vezes, a minha convicção política como democrata-cristão e centrista. Entendo que são as opções pessoais que nos devem orientar nas nossas convicções e no nosso dia-a-dia (independentemente do respeito e da pluralidade). Não acho que devam ser questões de subserviência político-partidária que nos devem orientar nos nossos propósitos, nem condicionar as nossas opções. Assim sendo… e aproveitando o fim-de-semana influenciado pelo (...)
24.Jul.07

Fim do período de reflexão.

mparaujo
A semana de reflexão terminou, embora haja questões importantes ainda por solucionar. Mas algumas realidades são relevantes. Mesmo num contexto local, a realidade pode ganhar contornos mais abrangentes. E é um facto que as eleições em Lisboa poderão ter marcado e traçado um futuro nada agradável ao CDS.PP. A conflitualidade interna vivida há alguns meses atrás deixou marcas que dificilmente serão sanadas. Além disso e mais uma vez, o partido “paga” uma factura bem alta do (...)
21.Jan.07

Fraccionados

mparaujo
Com a demissão de Nuno de Melo da presidência da Bancada do CDS.PP, nada ficará como dantes para os lados do Largo do Caldas. A divisão e o desentendimento entre a direcção do partido e a bancada parlamentar estará longe de se tornar pacífica. O que é certo é que Ribeiro e Castro se tornou o presidente de uma fracção de uma CDS cada vez mais ilusório. Sej (...)
19.Nov.06

Até que enfim...

mparaujo
Ribeiro e Castro, depois de tantas vezes ter sido aqui criticado, teve aquele que foi o melhor posicionamento político desde as últimas eleições: a oposição ao governo do PS tem que ser feita por propostas concretas e coerentes e não por retóricas iguais às propagandas governativas. Daí que se aplauda a forma não crítica como analisou a entrevista do Presidente da República. Bem (...)