Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Debaixo dos Arcos

Espaço de encontro, tertúlia espontânea, diz-que-disse, fofoquice, críticas e louvores... É uma zona nobre de Aveiro, marcada pela história e pelo tempo, onde as pessoas se encontram e conversam sobre tudo e nada.

Debaixo dos Arcos

Espaço de encontro, tertúlia espontânea, diz-que-disse, fofoquice, críticas e louvores... É uma zona nobre de Aveiro, marcada pela história e pelo tempo, onde as pessoas se encontram e conversam sobre tudo e nada.

06.Fev.19

Uma greve é propriedade de quem?

mparaujo
A governação de António Costa tem enfrentado uma realidade mais dura que a governação de Passos Coelho, no tempo da Troika, com uma clara insatisfação social patente no volume de pré-avisos e de greves concretizadas (apesar de menos greves gerais, o Governo do PS enfrentou um acréscimo considerável de greves sectoriais). Contexto que contrasta com a bandeira do Governo de que o país estaria, agora, bem melhor. Mas a verdade é que há mais vida para além do défice. E o país (...)
01.Dez.13

Às Armas! Às Armas!

mparaujo
publicado na edição de hoje, 1 de dezembro, do Diário de Aveiro. Debaixo dos Arcos Às Armas! Às Armas! A aproximação de qualquer discussão e aprovação de um Orçamento do Estado é sempre um dos momentos altos da política nacional. O Orçamento para 2014 não foge à regra, pela maioria de razões: pelas medidas de austeridade que comporta; por respeitar ao ano em que o termina o resgate externo; pelas dúvidas que surgem na eventual necessidade de novo financiamento; pela (...)
02.Set.13

Dose dupla…

mparaujo
Publicado na edição de hoje, 2 de setembro, do Diário de Aveiro Debaixo dos Arcos Dose dupla… 1. Cinco! Uma mão cheia de demasiado vazio. Em memória... António Ferreira, de Miranda do Douro; Pedro Rodrigues, da Covilhã; Bernardo Figueiredo, do Estoril; Ana Rita Pereira, de Alcabideche; Cátia Dias, de Carregal do Sal. Não sabiam se voltavam... mas foram sempre. Cinco mortos é o registo trágico e injustificado do número de bombeiros que faleceram no combate aos incêndios, (...)
21.Ago.13

Recados Constitucionais

mparaujo
Publicado na edição de hoje, 21 de agosto, do Diário de Aveiro. Debaixo dos Arcos Recados Constitucionais Muito poucos portugueses a conhecem, qual o seu significado e sentido, que impacto pode ter na vida de um país e na dos cidadãos. No entanto, nos últimos anos muitos falam da Constituição (da República Portuguesa) por tudo e por nada, por “dá cá aquela palha”. Umas vezes interessa a sua defesa, outras vezes torna-se empecilho para que se alcancem determinados (...)
16.Jun.13

Os "Fora-da-Lei"

mparaujo
Publicado na edição de hoje, 16 de junho, do Diário de Aveiro Entre a Proa e a Ré Os “Fora-da-Lei” Haverá sempre, pelo confronto geracional, a dicotomia entre o antigo (“antes é que era bom”) e actual (”isto é que é moderno, progressista”). Nesta lógica (não importa se correcta ou não) poder-se-ia dizer que já não se fazem filmes como antigamente… por exemplo, como os de “índios e cowboys” ou os de “Western”. Eram 90 a 120 minutos de perfeita anarquia (...)
04.Nov.12

Chegámos ao fim...

mparaujo
Publicado na edição de hoje, 4 de novembro, do Diário de Aveiro. Entre a Proa e a Ré Chegámos ao fim… Desde a nossa adesão à então CEE, decorria o ano de 1986, passando pela entrada, em 1999, no grupo dos países pertencentes à “zona euro”, que é clara a influência política e económica que a União Europeia exerce sobre Portugal, sem que o país tenha qualquer capacidade de contestação ou peso (...)