Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Debaixo dos Arcos

Espaço de encontro, tertúlia espontânea, diz-que-disse, fofoquice, críticas e louvores... É uma zona nobre de Aveiro, marcada pela história e pelo tempo, onde as pessoas se encontram e conversam sobre tudo e nada.

Debaixo dos Arcos

Espaço de encontro, tertúlia espontânea, diz-que-disse, fofoquice, críticas e louvores... É uma zona nobre de Aveiro, marcada pela história e pelo tempo, onde as pessoas se encontram e conversam sobre tudo e nada.

12.Mai.20

Vale a pena pensar nisto #06

Sobre a criança Valentina... e outras "Valentinas"

mparaujo
O relatório da Associação Portuguesa de Apoio à Vítima (APAV) dava conta que, em 2019, 1.467 crianças foram vítimas de crime (mais 532 do que em 2018, numa média de 4 por dia ou 28 por semana) sendo que em 27,3% dos casos a autoria do crime foi atribuída ao pai ou à mãe. Se um crime, agravado pela existência de vítima mortal, é, por si só, uma realidade condenável, este acto toma contornos abomináveis quando está em causa uma criança, dada a sua fragilidade, (...)
02.Nov.18

Infelizmente... não há coincidências nos Direitos Humanos

mparaujo
Mas há um turbilhão de sentimentos: revolta, solidariedade, impotência, comoção, choque, desassossego, (...). E há igualmente uma premissa que importa, desde já, destacar: não colhe o argumento "cá também há situações de..." ou "isso é lá longe, o que conta são os 'nossos'". Não! Não é assim... Primeiro, a vida, os direitos e a dignidade humana são universais e não conhecem fronteiras. Segundo, existem realidades e contextos bem distintos. Terceiro, a preocupação (...)
24.Dez.17

Neste Natal NÃO ADOPTO ESTE SILÊNCIO

mparaujo
O Natal é, independentemente das crenças e credos, a Festa da Família, por excelência. Enquanto nos perdemos na azáfama de saco, embrulhos e laços... Enquanto nos perdemos na ansiedade da prenda tão esperada... Enquanto preparamos as rabanadas, os filhós e o bacalhau... Há quem tenha perdido a família pela estupidez da guerra... pelo infortúnio do destino... pela ganância... pela fome... pelo tráfico humano... pelos incêndios e pela reacção da natureza... Há quem tenha (...)
21.Nov.16

Deveria ser todos os dias do ano... já lá vao 27 anos.

mparaujo
São já 27 os anos que separam o dia 20 de novembro de 1989 do dia celebrado ontem (20 de novembro de 2016). São já 27 os anos que distam do dia em que as Nações Unidas adoptaram a Convenção dos Direitos das Crianças (20 de novembro de 1989). Hoje (ontem) é dia de lembrar o que nos relata a UNICEF. seis milhões de crianças continuam a morrer anualmente de causas evitáveis.50 milhões de crianças foram obrigadas a abandonar as suas casas, das quais 28 milhões estão (...)