Espaço de encontro, “tertúlia” espontânea, “diz-que-disse”, fofoquice pegada, críticas e louvores, ..., é uma zona nobre da cidade, marcada pela história e pelo tempo, onde as pessoas se encontram e conversam sobre "tudo e nada".

05
Set 11
A 3.ª Exposição Canina Internacional de Aveiro e a 3.ª Exposição Felina Internacional de Aveiro têm data marcada para os dias 10 e 11 de Setembro de 2011, numa organização conjunta da Aveiro-Expo, Clube Português de Canicultura e Clube Português de Felinicultura.
Esta terceira edição conta com mais de 700 animais: 550 caninos e 160 felinos.

No que diz respeito à mostra canina, das 110 raças inscritas a que marca maior presença é a “Cão Serra da Estrela”, seguida das raças “Pastor Alemão” e “Golden Retrevier”. Os cães são, essencialmente, provenientes de Portugal, Espanha, França, Itália e Reino Unido.
A par do concurso, realizam-se várias demonstrações de agilidade, busca e salvamento, cães de guerra, dança com cães e passagens de modelos e uma prova de trabalho do cão de água português.

Quanto aos felinos (gatos), vão estar em exposição 160 animais, num total de 20 raças, entre “Persas”, “Exóticos”, “Bosques da Noruega”, “Maine Coon”, “Sagrados da Birmânia”, “Europeus”, “Abissínios”, “Brithish, Chartreux”,” Azul Russo”, “Somali”, “Bengal”, “Siameses”, “Orientais”.
publicado por mparaujo às 22:22

24
Jul 11
Até ao dia 2 de Setembro, o Museu da Cidade, em Aveiro, tem patente um exposição de Azulejos, nacionais e internacionais, representativos do período da "Arte Nova".
Os azulejos pertencem ao espólio de Feliciano David e Graciete Rodrigues, sendo a primeira vez que estão exposto ao público.
Em exposição estão mais de 100 painéis representativos das mais importantes fábricas nacionais e internacionais – Sacavém, Fonte Nova, Devezas, Carvalhinho, Lusitânia, Constância e Caldas da Rainha, bem como de várias fábricas internacionais.
Esta iniciativa ganha destaque por se tratar da primeira exposição de azulejaria nacional dedicada exclusivamente à temática Arte Nova, um tema tão próximo da identidade e do património aveirense.
Este pode ser o momento indicado, o impulso necessário, para que Aveiro não esqueça uma das suas vertentes histórica, cultural e social (a par com outros símbolos como os moliceiros, os ovos moles ou o sal), preservando um legado patrimonial relevante para o Concelho.
A exposição é comissariada pelos especialistas em azulejaria António José de Barros Veloso e Isabel Almasqué, que assinam também os textos do catálogo. A exposição conta ainda com o apoio da Câmara Municipal de Loures, através do Museu de Cerâmica de Sacavém, onde futuramente também estará patente.
publicado por mparaujo às 23:36

07
Dez 10
"Linguagem e Experiência" é o título da exposição que estará patente ao público no Museu de Aveiro até ao dia 13 de Fevereiro de 2011.
Esta exposição comporta obras da colecção da Caixa Geral de Depósitos e é um projecto que propõe diferentes leituras sobre obras como: Deslocação e Paisagem (Alberto Carneiro e Joaquim Rodrigo); Percepção (José Pedro Croft, José Escada, Eduardo Nery e Rui Toscano); Forever Pop (Lourdes Castro, Cruz-Filipe, José Loureiro, Bruno Pacheco, Pedro Portugal, Miguel Soares, Júlia Ventura e João Vieira); Dropthebomb (Luisa Cunha, João Paulo Feliciano, Fernanda Fragateiro e Miguel Soares); Inquietude e Sinal (Helena Almeida, Filipa César, Jorge Molder, João Penalva e Jorge Pinheiro); Memória de uma memória ausente (Pedro Casqueiro, Ana Jotta, Álvaro Lapa, Jorge Queiroz, Pedro Cabrita Reis, Julião Sarmento e Francisco Tropa); e Playground (Ana Jotta, Francisco Queirós, Jorge Queiroz e Paula Rego).
"As obras não são apenas representações ou a produção de um conhecimento, mas um conhecimento da representação, uma linguagem que se conhece a si mesma e se afirma em absoluto no mundo, sem outros pressupostos." (fonte: Instituto dos Museus e da Conservação)
Linguagem e Experiência cruza diferentes possibilidades sobre a visibilidade engendrada pelo trabalho artístico enquanto experiência limite de um discurso sobre o mundo.
publicado por mparaujo às 20:43

15
Nov 10
Até ao dia 5 de Dezembro está patente na Galeria do Edifício-sede da Assembleia Municipal de Aveiro (antiga Capitania) a retrospectiva da obra de Hélder Bandarra: "50 anos de Arte".
A exposição pode ser visitada de Terça a Sexta-feira, entre as 14.00 e as 18.00 Hm, e aos Sábados, Domingos e Feriados das 15.00 às 19.00 Hm.
Ao mesmo tempo há espaço e oportunidade para descobrir o livro “Hélder Bandarra – O percurso do Artista”.

publicado por mparaujo às 21:40

pesquisar neste blog
 
arquivos
2019:

 J F M A M J J A S O N D


2018:

 J F M A M J J A S O N D


2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D


mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

28 seguidores

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Setembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


Siga-me
links