Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Debaixo dos Arcos

Espaço de encontro, tertúlia espontânea, diz-que-disse, fofoquice, críticas e louvores... É uma zona nobre de Aveiro, marcada pela história e pelo tempo, onde as pessoas se encontram e conversam sobre tudo e nada.

Debaixo dos Arcos

Espaço de encontro, tertúlia espontânea, diz-que-disse, fofoquice, críticas e louvores... É uma zona nobre de Aveiro, marcada pela história e pelo tempo, onde as pessoas se encontram e conversam sobre tudo e nada.

16.Abr.20

Um lugar de destaque... com saudade.

mparaujo
A descoberta do autor foi (demasiado) tardia... há cerca de 14 anos (em 2006). A descoberta da sua escrita foi "amor à primeira vista", incondicionalmente. Até hoje, e espero que sempre, Luís Sepúlveda teve e tem um muito especial destaque na modesta biblioteca doméstica. De activista político, a jornalista, passando por realizador, fotógrafo e argumentista, seria como escritor, um excelente escritor, que deixou a sua marca na literatura mundial. Vai deixar um vazio enorme e uma (...)
30.Jan.17

Polémica... "O nosso reino"; Valter Hugo Mãe; a tia e o Pai Natal; o Liceu Pedro Nunes e o PNL

mparaujo
A polémica está mais que instalada, alargada, difundida, replicada e multiplicada, desde as redes sociais às comunidades escolares, passando pela comunicação social e política. O livro do escritor Valter Hugo Mãe, "O nosso reino", faz parte da lista de publicações do Plano Nacional de Leitura. Até aqui nada de especial sendo o autor e o livro em causa um entre vários que compõe a referida lista. (...)
11.Nov.16

So long... Mr. Cohen

mparaujo
Foi demasiado tempo... muito tempo mesmo. Mas foi do melhor tempo. Leonard Cohen não foi apenas um, entre uma elite, que se fixou na minha mais que modesta "musiteca". Para além de ter sido uma das principais referências foi também alguém que marcou a minha adolescência cultural e musical. Foram cerca de 35/36 anos (com início numas férias de verão (...)
26.Mar.15

R.I.P. Luís Miguel Rocha

mparaujo
Quando morre alguém ligado às artes, literatura, cinema, teatro, etc, há uma tendência para inundar as redes sociais de lamentos, mensagens, extractos de poemas, frases, livros ou pinturas de quem faleceu. Sem qualquer tipo de constrangimentos ou sem qualquer tipo de pudor ou do "politicamente correcto", muitos dos comentários e post (aconteceu (...)
29.Jul.14

Que o Mar nunca nos separe…

mparaujo
Tinha um convite. Tinha tudo para estar presente. Até que dois dias antes, por razões fortes (só assim teria sentido), INFELIZMENTE, não pude estar presente. E, ao caso, infelizmente até pode ser um eufemismo. No mínimo e por todas as razões mais que óbvias – amizade, respeito, consideração, orgulho – resta-me a referência pública. Há um livro a não perder nestas férias de Verão (e sempre): “Até que o Mar nos separe”. Que mais não seja porque, nesta altura do ano, (...)
18.Abr.14

Gabo... para sempre.

mparaujo
Morreu Gabriel García Marquez. A par com Luís Sepúlveda, por exemplo, foi o principal responsável pela descoberta da escrita e das imagens literárias com raízes marcadamente sul-americanas. Ocupou sempre lugar de destaque na "estante doméstica" e releitura obrigatórias ao longo dos tempos. O Escritor, Jornalista, Nobel, colombiano deixa um significativo e importante vazio na cultura e na literatura mundiais. Fica mais vazia o meu leque de procuras nas livrarias. Obrigado por tudo, Gabo.
28.Out.12

É de 2010 mas ainda vou a tempo.

mparaujo
Uma tarde soberba de sol em Aveiro... Café na esplanada, "escursão" ao Fórum Aveiro, passagem obrigatória pela Bertrand... mais três livros na prateleira (que aqui no "ninho" é mais um qualquer espaço livre, incluindo o chão, já que a "tenda" é curta e pequena). Entre eles, apesar de ser de 2010 (só agora dei de caras com ele), o romance "Os Íntimos" de Inês Pedrosa (...)
09.Jun.12

Aveirense (ou quase) condecorado...

mparaujo
Apesar de natural de Angola, Gonçalo M. Tavares passou uma grande parte da sua vida em Aveiro, local onde ainda residem os pais e irmão. É, por isso, ou deveria ser, motivo de orgulho que Gonçalo M. Tavares receba a condecoração da "Ordem do Infante D. Henrique", a juntar aos diversos prémios literários já conquistados (desde o seu primeiro livro publicado em 2001 - Livro (...)
22.Abr.12

Do livro ou da leitura…

mparaujo
Publicado na edição de hoje, 22.04.2012, do Diário de Aveiro. Entre a Proa e a Ré Do livro ou da leitura… No próximo dia 23 de abril comemora-se o Dia Mundial do Livro, simultaneamente com o Dia dos Direitos do Autor. Se bem que, neste caso, estaremos a falara não apenas dos escritores mas de todos os criadores de obras intelectuais de natureza literária, artística ou científica (sejam eles direitos (...)
05.Nov.11

O caderno de Maya, Isabel Allende

mparaujo
Dois chilenos têm merecido destaque nas prateleiras domésticas: Luis Sepúlveda e Isabel Allende. A escritora chilena Isabel Allende tem nas bancas o seu 14º título (salvo erro) com a publicação de "O Caderno de Maya". Fruto da sua experiência jornalística e (...)
21.Out.11

Aumento patrimonial...

mparaujo
Mesmo com a crise e com a estante cheia (alguns já empilhados no chão) era de muito bom grado o aumento patrimonial cultural: "O Retorno" de Dulce Maria Cardoso (Tinta-da-China)Por razões pessoais e familiares...Um olhar cru e irónico, distante do ideológico, sobre a face (...)
13.Out.11

Fernando Pessoa traduzido para Mirandês

mparaujo
A obra emblemática "Mensagem" de Fernando Pessoa foi inteiramente traduzida para a língua mirandesa (a segunda língua oficial portuguesa) pelo Prof. Amadeu Ferreira. O trabalho será apresentado nesta sexta-feira, dia 14 de Outubro, em Campo de Ourique, Lisboa, na casa onde n (...)
08.Out.11

Prémio Nobel da Literatura 2011

mparaujo
A Academia Sueca anunciou na quinta-feira (6.10.2011), em Estocolmo, o nome do Prémio Nobel da Literatura 2011.A escolha "suprema" recaiu sobre um nome sueco: o poeta Tomas Tranströmer (há mais de quarentas anos que a Academia Sueca não premiava um sueco). Tomas (...)
02.Out.11

23º título de António Lobo Antunes

mparaujo
Desde sexta-feira passada (30.11.2011) que já está disponível nas bancas o último romance de António Lobo Antunes (uma das presenças destacadas da estante doméstica): "Comissão das Lágrimas" (Dom Quixote).Um regresso à história de Angola... aos períodos conturbados da independência.Sem a pretensão do rigor factual e histórica, no entanto, "Comissão (...)
31.Jul.11

Uma viagem à Índia com Gonçalo M. Tavares!

mparaujo
Ontem (Sábado, 30 de Julho) foi dia de um regresso ao passado histórico e 'epopaico', na Bertrand do Fórum de Aveiro.Gonçalo M. Tavares, o escritor nascido em Luanda mas que Aveiro adoptou, apresentou a sua obra "Uma Viagem à Índia"...Um percurso com direito ao imaginário de "Os Lusíadas" e (...)
06.Abr.11

FOLIE À DEUX - A não perder

mparaujo
É já amanhã, na FNAC do Colombo (18.30 Hm) que é lançado o mais recente trabalho a "quatro mãos" da Rita Marrafa de Carvalho e Eduardo Águaboa: "Folie à Deux", com o selo editorial da Plátano Editora. Independentemente do respeito e consideração pelo trabalho jornalístico apreciado da (...)