Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Debaixo dos Arcos

Espaço de encontro, tertúlia espontânea, diz-que-disse, fofoquice, críticas e louvores... É uma zona nobre de Aveiro, marcada pela história e pelo tempo, onde as pessoas se encontram e conversam sobre tudo e nada.

Debaixo dos Arcos

Espaço de encontro, tertúlia espontânea, diz-que-disse, fofoquice, críticas e louvores... É uma zona nobre de Aveiro, marcada pela história e pelo tempo, onde as pessoas se encontram e conversam sobre tudo e nada.

15.Abr.19

Dia negro para uns... para muitos.

mparaujo
Poucas horas, cerca de duas, bastaram para destruir um património secular. 'Nascida' no ano de 1163, a Catedral gótica de Notre-Dame de Paris foi devorada pelo fogo. Símbolo do cristianismo (catolicismo)... Referência do património da humanidade... Ligada à literatura (Victor Hugo escreveu, em 1831, o romance “Notre-Dame de Paris”, O Corcunda de Notre-Dame)... Ícone do turismo parisiense, competindo com a Torre Eiffel e o Louvre... Com forte ligação à Revolução Francesa e (...)
18.Nov.15

Não vale a pena esconder… “cheira a medo”

mparaujo
publicado na edição de hoje, 18 de novembro, do Diário de Aveiro. Debaixo dos Arcos Não vale a pena esconder… “cheira a medo” O Presidente e o Primeiro-ministro franceses já o declararam, no seguimento dos acontecimentos da passada sexta-feira, em Paris: a França (e não só) está em guerra. Será difícil prever quando terminará ou de que (...)
17.Nov.15

A ler os outros... quatro imagens da mesma realidade

mparaujo
Enquanto preparava o texto para a edição de amanhã, 18 de novembro, do Diário de Aveiro: «Não vale a pena esconder… “cheira a medo”», saíam algumas linhas, como estas... (...) Por maior que seja o regresso à normalidade na capital francesa os próximos tempos serão de um desassossego latente, seja em França e na Europa, seja, por (...)
15.Nov.15

A propósito dos Refugiados

mparaujo
publicado na edição de hoje, 15 de novembro, do Diário de Aveiro. Debaixo dos Arcos A propósito dos Refugiados Na sexta-feira, a França, o mundo, Portugal, deitaram-se de luto, chocados, aterrorizados. Sete atentados em Paris, cerca de 150 mortos, mais de 200 feridos e um objectivo claramente alcançado: sob a capa de (...)
13.Jan.15

Desviar do essencial...

mparaujo
Muitos dos que criticaram a 'onda' do "Je suis Charlie" aproveitaram a marcha de ontem, em Paris, pela Liberdade para enviar mais umas "farpas" ao sistema, em laivos de superioridade intelectual e, até, profissional. À falta de argumentos para minimizar o impacto que cerca de dois milhões de pessoas transmitiram ao percorrerem o centro de Paris, usa-se, e mal, o supérfluo (o insignificante) para desviar a atenção do essencial. Tudo a propósito do que alguns apelidaram de Hipocrisia (...)
16.Ago.08

Até aqui...

mparaujo
Bonjour Paris...E passei por aqui...Por aqui... (aqui com a filhota a caminho da "Mona Lisa")Obviamente, também por aqui... Mas também aqui (a delicia dos pequenos e as "figurinhas" dos grandes") REGRESSEI ONTEM... (15.08.2008). O QUE É BOM ACABA DEPRESSA!